Como ter sucesso com uma loja virtual?


Postado por The Experts

blog6

A cada dia aumenta o número de lojas virtuais que surgem, mas a maioria delas não chegam a completar nem 1 ano de existência. Por que isso acontece? Certamente por conta de alguns erros básicos, quase imperceptíveis que muitos cometem.

Por isso, destacamos alguns erros básicos cometidos, e separamos algumas dicas para ter sucesso com uma boa loja virtual.

  1. Planejamento

 

PLANEJAMENTO_ESTRATGICO_2

Muitos negócios acabam “morrendo” por falta de planejamento, tanto loja virtual como loja física. Quando o empreendedor pensa em criar uma loja, deve-se ter em mente primeiro de tudo, fazer um planejamento de negócio o mais detalhado possível, sabendo quem é o seu público, quais são as tendências de mercado, quais são os concorrentes, quanto irá gastar inicialmente. Essas são perguntas básicas que muitas pessoas acabam esquecendo, e isso resulta em no insucesso do negócio. Não faça nada com base em “eu acho”. Tenha um planejamento, trace metas e tenha sempre planos alternativos.

  1. Conhecimento e Qualificação

qualificacao-profissional

Muitas vezes, as pessoas pensam “eu sei navegar na Internet, então posso abrir meu negócio”. Esse pensamento é totalmente equivocado! Para conseguir se destacar na Internet, no meio de milhares de sites e lojas, é preciso ter um conhecimento de monitoramento, tráfego, marketing digital, e outros. É preciso saber se colocar estrategicamente para atingir o seu público.

  1. Segmentação de Mercado

featured-image-4

Diferente de uma loja física, a loja virtual precisa ser bem mais segmentada e objetiva. Caso contrário, o cliente fica confuso e acaba saindo do site sem comprar, por se sentir desconfortável e/ou inseguro e complicado. Não tente vender de tudo. Tenha um foco e saiba atingir esse público alvo de forma adequada.

  1. Divulgação

divulgar

Não tem como ser visto na Internet, se você não divulgar o seu negócio. Com estratégias bem planejadas, você irá atingir o seu público, mas além disso, é preciso saber como conquistar mais clientes com o passar do tempo, caso contrário o negócio fica estagnado e começa ir em declínio. Saiba as melhores estratégias de divulgação para você, faça pesquisas e saiba analisar os resultados das suas divulgações, avaliando o que mais funcionou, o que pode ser mudado, etc.

  1. Segurança

cadeado5

Muitas pessoas ainda não efetuam compras online por se sentirem inseguranças, com relação às formas de pagamentos, fraudes, etc. Por isso é muito importante investir em portais especializados em pagamentos com sistema antifraude, para garantir mais segurança e qualidade para o serviço prestado.

  1. Atendimento

atendimento-pme

Não importa se o seu negócio é online ou não, um bom ou mau atendimento sempre será um dos tópicos mais avaliados pelos clientes. As pessoas precisam confiar em você, no seu serviço e no seu produto. Elas sentem necessidade de se sentirem queridas, querem ser bem tratadas e desejam ter suas dúvidas totalmente resolvidas, antes de comprar algo, principalmente online. Por isso, é de suma importância que se tenha um bom atendimento, pois isso pode ser um grande fator de indicações e conquista de novos clientes.

Certamente, depois dessas dicas você já deve ter ficado mais animado para montar a sua loja virtual, não é mesmo!? Agora mão a obra! A Inter.net ajuda você a montar a sua loja virtual! Ligue para (11) 35233344 , ou mande email para comercial@br.inter.net e tenha uma assessoria completa para gerenciar o seu negócio online.

Quer mais informações sobre loja virtual? Então acesse: http://inter.net.br/servicos/loja-virtual/.

Compartilhe
 
Comente

5 maneiras eficientes para divulgar a sua empresa


Postado por The Experts

blog5

Se você possui uma empresa, marca ou produto e deseja divulga-lo de uma maneira eficiente, essa é a hora!

Existem diversas maneiras de se divulgar algo, mas primeiro é necessário avaliar o seu perfil e responder as seguintes questões:
– Qual a posição da minha empresa no mercado?
– Qual o perfil dos meus clientes?
– O que eles gostam de fazer?
– Onde eles estão?
– Como quero me posicionar para esses clientes?

Depois de saber exatamente o seu perfil e de seu cliente, conheça as 5 maneiras mais eficientes de divulgação.

  1. Email

email-marketing-envio

Crie uma boa lista de email. Tenha clientes realmente ativos, que possuem interesse no seu produto e vão lhe fornecer o retorno esperado. Adicione um formulário de captação em seu site, crie conteúdos gratuitos em troca de mailing, visite eventos, crie um bom networking.

  1. Forneça um bom serviço (se possível, com um diferencial)

Business-Meeting-Vector

Sempre atenda seu cliente de uma maneira receptiva, fazendo ele se sentir único e importante. Sempre forneça o seus serviços com a melhor qualidade e atendimento possível. Com isso, eles divulgarão você de maneira espontânea. Nada funciona melhor, do que uma indicação boca a boca.

  1. Redes Sociais

lista-de-redes-sociais-publicitariadigital

Todos sabem o poder que as redes sociais possuem hoje em dia, por isso crie um bom relacionamento com seus clientes através das redes sociais. Poste conteúdo que os farão querer curtir, comentar e compartilhar. Responda sempre suas perguntas, crie interações e sempre monitore com frequência, observando as melhores e piores postagens.

  1. Busque parcerias

business-deal-concept_23-2147513660

Para se manter ativo e com um bom relacionamento no mercado, é preciso sempre estar atualizado e fazer pesquisas frequentemente. Por isso, pesquise seus concorrentes, alie-se a eles, proponha trabalhos conjuntos. Assim é possível gerar uma boa relação de amizade e indicações espontâneas. (Por exemplo, se você é fotógrafo, tente uma parceria com uma cerimonialista).

  1. Publicidade

publicidade

Investir apenas em redes sociais, não é relevante. Para abranger um maior número de pessoas, conquistar novos clientes e crescer a sua marca/ produto / empresa, é preciso divulgar-se em outros meios também. Se for possível, aposte em rádio, tv, jornal, revista, mobiliário urbano, YouTube, etc. É muito importante que você avalie a melhor opção para atingir o perfil do seu cliente. Neste caso, é aquela famosa frase “quem não é visto, não é lembrado”. Você precisa ser visto pelo seu público de uma maneira relevante, para que ele aceite a sua comunicação e passe a confiar em seu produto. Mas lembre-se: tudo que é repetitivo demais, depois de um tempo, começamos a ignorar. Por isso, é preciso sempre se mostrar diferente, para conquistar a atenção do seu público.

Essas são as 5 dicas para você começar a investir na divulgação da sua marca. Gostou, mas ainda não sabe por onde começar? A Inter.net ajuda você! Ligue para (11) 35233344 , ou mande email para comercial@br.inter.net e tenha uma assessoria completa para gerenciar o seu negócio online.

Compartilhe
 
Comente

Dicas para ter sucesso com Marketing nas Redes Sociais


Postado por The Experts

blog4

Muitas pessoas ainda não acreditam muito no potencial do marketing digital, e acreditam que uma campanha em mídia de massa seria mais efetiva e mais lucrativa. Hoje em dia, esse pensamento é bem equivocado.

O crescimento das redes sociais na vida das pessoas é cada vez maior, e tornar a marca presente em seu cotidiano é de total importância, para que a marca seja lembrada e amada pelo seu consumidor. Por tanto, ter um planejamento para se relacionar com o seu público pelas redes sociais é fundamental na era em que vivemos.

Por isso, separamos algumas dicas para você ficar por dentro de como fazer um bom marketing para as redes sociais.

  1. Conheça o seu cliente

Primeiramente, você deve conhecer o seu público, sabendo quais são os seus hábitos, sua rotina, seus gostos e quais são os assuntos que eles curtem além da sua marca.

  1. Quais Redes Sociais são mais adequadas?

Com base em sua pesquisa para saber qual é o seu público, onde eles estão, o que eles gostam, etc. Agora você irá analisar quais redes sociais mais se encaixam no perfil adquirido. Se mesmo assim você ainda estiver em dúvida, escolha os mais populares.

  1. Defina metas realistas e mensuráveis

Quando você começa uma rede social, você precisa impor a sua identidade, para que as pessoas te sigam com um intuito de seguir um estilo de vida / informação.

Com isso, defina as metas (quero aumentar 100 seguidores em 1 semana, por exemplo). Procure atingir essa meta, e cada vez que você conseguir atingi-la, aumente o nível gradualmente.

  1. Crie conteúdo relevante

O conteúdo abordado deve ser de certa forma popular para o seu público, de modo com que ele se identifique e queria curtir, compartilhar e comentar o seu post. Não faça apenas post de produtos ou serviços. É aconselhável que utilize postagens interativas e descontraídas, alternando com o conteúdo do seu produto ou serviço.

  1. Faça o monitoramento regularmente

Criar as redes, postar e não acompanhar os resultados, é como um trabalho perdido. Você deve analisar quem está curtindo, quais as postagens possuem mais engajamento, quais os resultados que você conseguiu com essas postagem, etc. Assim será possível você criar um planejamento para aumentar cada vez mais os resultados.

  1. Faça Interação

As redes sociais são plataformas interativas, ou seja, as pessoas gostam de se divertir, de conversar e interagir. Não adianta nada você ter um ótimo conteúdo, programar nos melhores horários se você não interagir com o seu público. É preciso responder as perguntas, elogios, fazer sugestão e sempre se colocar no lugar do cliente. Pesquisas indicam que uma das coisas que as pessoas mais odeiam em redes sociais das empresas, é não obter respostas para as suas dúvidas.

Com essas dicas, você já pode começar agora mesmo a planejar o marketing digital para a sua empresa. Ainda está em dúvida por onde começar? A Inter.net ajuda você! Ligue para (11) 35233344 , ou mande email para comercial@br.inter.net e tenha uma assessoria completa para gerenciar o seu negócio online.

Compartilhe
 
Comente

6 motivos para ter um site responsivo


Postado por The Experts

blog3

O crescimento da tecnologia com as funções mobile está cada vez mais avançado. Com isso, hoje em dia quase tudo que fazemos com um computador, conseguimos fazer com um celular, inclusive fazer pesquisa de marcas, pesquisar produtos, lojas, efetuar compras, pagamentos etc.

Para quem tem um negócio, possuir um site moderno, otimizado e responsivo é de extrema importância, para que a seu produto ou serviço esteja acessível para o consumidor, em qualquer lugar, durante 24 horas por dia.

Ainda não está convencido? Por isso, separamos 6 motivos para você entender como ter um site responsivo só trás benefícios para o seu negócio.

  1. Economia de tempo e dinheiro
    Não sendo necessário criar diversos sites para se adaptar nas plataformas mobile.
  1. Crescimento do público alvo
    O site estará disponível online para milhares de clientes, e acessível para ser acessado em qualquer hora ou lugar. Com um layout responsivo, ele também cria um melhor posicionamento em buscadores, como o Google.
  1. Padrão de identidade visual
    O site sendo responsivo, o cliente poderá acessar de qualquer plataforma, sem perder a identidade visual e a experiência criada para o usuário.
  1. Comunicação Integrada
    O site tem conexão direta com as redes sociais, criando um vínculo mais próximo de comunicação entre a marca e o cliente.
  1. Melhor posicionamento em mecanismo de busca
    A criação do blog no site é importante para ajudar a indexar o site nos mecanismos de busca, como o Google, Yahoo e Bing. Com um conteúdo relevante, você pode ajudar o seu cliente com dicas e ainda fazer o seu site ser mais bem visto virtualmente.
  1. Rápido e Prático
    Sites responsivos carregam mais rápido o conteúdo. O que é muito importante visto que, o cliente a maioria das vezes está em utilizando rede de dados móveis na rua, por exemplo. Estudos apontam que o cliente fica esperando em média, apenas 8 segundos para um site carregar. Caso não carregue, ele desiste, fecha a página e tenta acessar outro site ou link.

Ou seja, ter um site responsivo hoje em dia é fundamental. Que tal começar agora mesmo atualizando e/ou criando o site do seu negócio!? A Inter.net está pronta para te ajudar. Ligue para (11) 35233344 , ou mande email para comercial@br.inter.net.

Quer mais informações sobre um site express? Então acesse: http://inter.net.br/servicos/site/.

Compartilhe
 
Comente

Ferramentas para se organizar e ser mais produtivo


Postado por The Experts

blog2

Você possui dificuldade de se organizar, deseja fazer muitas coisas ao mesmo tempo, mas se queixa que o dia tem APENAS 24 horas? Preste atenção, pois você está com problemas de produtividade!

Se você possui um objetivo e não consegue cumprir, pois “faltou tempo”, saiba que esse é um problema que muitos enfrentam, porém basta se organizar melhor e manter um foco.

O que é ser produtivo?

Para muitas pessoas, ser produtivo é cumprir a sua rotina inteira com menos atividades e ainda ter tempo para descansar. Para outros, é fazer o máximo de coisas possível e ainda acrescentar mais itens em uma lista interminável.

Ou seja, ser produtivo é relativo para cada um. Porém o essencial para a alta produtividade é saber onde você deseja chegar, sabendo identificar quais os melhores caminhos para alcançar o seu objetivo.

Será que o melhor caminho é fazer o máximo de coisas possível sem ter uma qualidade? Ou será que é melhor fazer poucas coisas com qualidade, para que em longo prazo você atinja o seu objetivo?

Cabe a cada um saber o que é mais produtivo para si, contanto que você se sinta satisfeito e feliz no fim do dia. Não importa qual seja o seu objetivo, trace metas, planeje suas atividades e faça uma de cada vez, de maneira com que você fique feliz com o resultado. Não se esqueça das suas motivações (o que te faz levantar da cama todos os dias), é sempre importante lembrar seus objetivos alinhados com sua motivação, para que as atividades sejam produzidas mais facilmente e com qualidade.

Aproveite as dicas de ferramentas para você ser ainda mais organizado e produtivo.

Rescue Time

rescue-time

Se você acredita que 24 horas passa muito rápido, então essa ferramenta é ideal, pois ela indica para você exatamente onde o seu tempo está sendo gasto. Organizando suas tarefas, verá que possui muito mais tempo do que imagina.

Evernote

Evernote

Ótima ferramenta para anotar suas ideias e não perdê-las. Aquela história de “tive uma super ideia, mas esqueci” ou “não tenho papel para anotar” ficará para trás.

Pocket

pocket

Sabe aquele conteúdo que você viu na Internet e gostaria de salvar pra ler depois? O Pocket é ótimo para salvar esses conteúdos e ainda funciona offline, fazendo com que aqueles momentos que você está sem Internet, sejam bem mais produtivos.

Google Drive

vdb-logo-01

Ótima ferramenta de armazenamento em nuvens. Você pode guardar todos os tipos de arquivos, compartilhar com quem você quiser, e ainda pode acessá-los com facilidade de qualquer dispositivo. Perfeito para salvar aqueles conteúdos no computador e baixar no celular, ou vice-versa.

Mobills

pocket

Ótimo para organizar as finanças. É possível adicionar diversas categorias de gastos como alimentação, transporte, roupas, etc. Além disso, você adiciona suas contas, fontes de renda e cria lembretes de dívidas, para você nunca mais ficar se perguntando “pra onde foi meu dinheiro”.

Trello

Trello-Logo

Perfeito para organizar projetos, tarefas e atividades. É possível criar diversas subcategorias dentro de cada projeto.

PomodoroOne

Pomodoro

Você pode se organizar definindo quanto tempo deseja gastar em cada tarefa. Adaptando também, quanto tempo deseja trabalhar e quanto deseja descansar.

1Password

vdb-logo-13

Super útil para quem tem problemas para lembrar senhas. Esse gerenciador de senhas armazena tudo. Ainda é possível definir para que ele faça o login automático para determinados sites.

Com todas essas dicas, é hora de colocar em prática e mostrar resultados!
Já pensou em começar agora mesmo um negócio totalmente online, prático e com um ótimo custo benefício? A Inter.net está pronta para te ajudar. Ligue para (11) 35233344 , ou mande email para comercial@br.inter.net.

Compartilhe
 
Comente

A importância do Design para o seu negócio


Postado por The Experts

blog1

Não é de hoje que o design se tornou uma ferramenta necessária para os empreendedores de todos os segmentos. Mais do que nunca, hoje as pessoas estão mais seletivas, vaidosas e críticas, por isso é importante posicionar-se corretamente no mercado, definindo uma identidade visual, comunicando-se de uma forma integrada com o seu cliente e definindo o seu ponto de inovação / diferencial.

Através do design, é possível definir todos esses pontos. Por isso, preste atenção e dê mais importância para esse setor. Veja só os benefícios que ele proporciona:

  • Aumenta a competitividade entre empresas
  • Aumenta a visibilidade da marca
  • Agrega valor aos produtos e serviços
  • Aumenta a possibilidade de conquistar novos consumidores
  • Um dos meios para comunicar o seu diferencial ao cliente
  • Aumento da identificação da marca, agregando valor e aspecto de qualidade ao produto/serviço
  • Criação de produtos melhores e que atendam a real necessidade dos clientes
  • Aumento de vendas, conquistando clientes com comunicação inovadora.
  • Auxilia na resolução de problemas

São inúmeras as vantagens que o design proporciona, por isso ele é de extrema importância para que qualquer negócio continue sempre crescendo. Confira as áreas de atuação do Design, e veja como você pode implementar eles no seu negócio.

  1. Design de Comunicação

Responsável por criar a identidade visual e através dela, transmitir seus diferencias para o mercado. Esse profissional também define o posicionamento da marca, criando de acordo com o público que deseja atingir.

Criações: Identidade visual e corporativa (logo, site), editorial, design digital (e-mail marketing, posts para redes sociais, anúncios para site), identidade de sinalização, tipografia, material de divulgação, identidade de campanha, identidade de produto novo, etc.

  1. Design de Ambiente

Responsável por compor o ambiente físico. Ele irá planejar e desenvolver diferentes espaços, seja uma residência, ambiente comercial, público ou corporativo, desde que os elementos utilizados para compor o visual do ambiente, sejam: funcionais, seguros, econômicos, confortáveis e que transmitam corretamente a imagem e conceito estabelecido.

  1. Design de Produto

Responsável pela criação do design dos produtos, a fim de proporcionar a melhor usabilidade e inovação, baseada nos conhecimentos de psicologia do consumidor, para suprir suas reais necessidades.

  1. Design de Serviços

É o responsável por planejar e organizar pessoas, infraestrutura, comunicação e componentes materiais de um serviço, de forma que melhore a qualidade do serviço e melhore a interação entre a empresa e o consumidor. Tem o objetivo de tornar a prestação do serviço uma experiência memorável, agradável e funcional, fazendo com que o consumidor queira utilizar o serviço novamente, e recomende o trabalho de forma espontânea.

Acredite, o design é um investimento de ótimo custo benefício, que traz muitos resultados para o seu negócio. Não pense que o design é só para grandes negócios, porque isso é “desculpinha” dos anos 2000. Hoje em dia, o mundo é totalmente virtual, as informações voam e estar bem posicionado com a sua marca, é a melhor opção para você continuar sendo bem visto no mercado.

Então, se você não sabe nem por onde começar, ou não faz a menor ideia de como implementar uma boa identidade visual para a sua empresa, fique tranquilo que a Inter.net pode ajudar você! Mande um e-mail para comercial@br.inter.net ou ligue para (11) 3523-3344 e comece agora mesmo!

Compartilhe
 
Comente

Empreendedores, já conhecem a nova lei do ICMS?


Postado por The Experts

Desde 1º de janeiro, as vendas diretas a consumidores de outros estados estão sob novo regime de alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Já sabe como adaptar seu negócio à essa lei? Continue lendo esse texto.

 

icms-theexperts-1

 

Primeiro de tudo: O que é ICMS?

O ICMS é um imposto estadual que é aplicado sobre os produtos vendidos no comércio e sobre alguns serviços essenciais, como  por exemplo, telefonia e energia elétrica. Ele é repassado ao consumidor através do preço de mercadorias, por esse motivo são chamados de impostos indiretos.

O ICMS constitui a maior arrecadação de impostos indiretos do país, sua alíquota não é fixa e varia de acordo com o estado em que a nota fiscal é emitida.

Como o novo ICMS pode impactar o e-commerce

A cobrança do imposto costumava ser feita somente na origem, porém, em abril de 2015 o governo federal oficializou a Emenda Constitucional 87/2015, onde estipula a alteração na cobrança com o objetivo de equilibrar as contas estaduais e colocar uma fim na Guerra Fiscal entre os estados.

Com isso, o imposto passa a ser recolhido também no destinatário o que afeta diretamente as empresas que comercializam produtos para consumidores finais, em especial, as vendas não presenciais como é o caso do e-commerce, que devido ao grande alcance consegue realizar vendas para todo o país.

A nova regra já entrou em vigor logo no início de 2016, com isso todas as empresas que oferecem produtos ao consumidor final (contribuinte ou não do imposto) localizado em outro estado, passarão a recolher o imposto da seguinte forma:

  • Ao estado de destino, será recolhido o imposto correspondente à diferença entre a alíquota interna do estado de destino e a alíquota interestadual prevista pelo Senado Federal.
  • Ao estado de origem/remetente será recolhido o ICMS até o montante das alíquotas interestaduais fixadas pelo Senado Federal;

Nesta nova lei, a alíquota de destaque em documento fiscal será a alíquota interestadual (7,00% para as Regiões Norte, Nordeste, Centro Oeste, e Espirito Santo – 12% para as Regiões Sul, e Sudeste) e a diferença entre a alíquota interestadual e a alíquota interna do estado de destino deverá ser partilhada entre os estados de origem e destinatário da mercadoria, baseado no seguinte cronograma:

icms-

Na prática, o que muda nas vendas realizada pelo meu e-commerce

O principal impacto é que agora, as Lojas Virtuais terão que rever seus custos e operações, pois com a nova lei, as vendas para estados diferentes terão impostos também diferenciados. Mas não se preocupe, as mudanças não afetarão muito com relação aos custos dos seus produtos (como você verá logo no exemplo abaixo).

A principal orientação para os e-commerces é entender quais são os estados em que mais praticam vendas e então, iniciar o processo de Inscrição Estadual junto a eles. Assim, será possível recolher o tributo mensalmente com vencimento para o dia 15 de cada mês.

Caso não possua e não consiga fazer a Inscrição Estadual para os estados que o seu e-commerce atua, o recolhimento deverá ser feito em cada emissão de nota fiscal e a empresa deverá encaminhar a Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais (GNRE) juntamente com o pedido.

Trouxemos dois exemplos mostrando como era feito o ICMS antes da emenda e o que muda após a aprovação da nova lei.

Ex 1 – Ao estado de destino:

O produto que você comercializa é fabricado no Brasil e sua Loja Virtual está estabelecida em São Paulo, já o consumidor final não contribuinte é do Paraná.

Alíquota interna: São Paulo, 18%

Alíquota (São Paulo para Paraná), interestadual: 12%

Alíquota interna, Paraná: 18%

Valor do produto: R$ 300,00

            Valor do ICMS anterior à emenda = R$ 300,00*, 18% = R$ 54,00

ICMS pós-emenda = (R$ 300,00*12%) = R$ 36,00

Partilha=((18%-12%=6%) 300,00*6% ))*40% = R$ 7,20 Para o Estado de destino: Paraná

Partilha=((18%-12%=6%) 300,00*6% ))*60% = R$ 10,80 Para o Estado de origem: São Paulo.

Valor total do ICMS da operação após à emenda = R$ 54,00

Perceba que na verdade, o valor final do ICMS não mudou nada com relação ao modelo anterior ao da lei. Apenas ficou mais burocrático porque agora ele precisa recolher o imposto para o estado de Destino.

Vale ressaltar que cada estado possui uma alíquota diferente, no exemplo acima entre os estados de São Paulo e Paraná o valor permaneceu o mesmo porque ambos têm a mesma alíquota interna, mas pode ocorrer pequenas alterações. Nestes casos, aconselhamos que você realize o cálculo e faça um balanço para incluir essa diferença no custo do seu produto, para que assim, não haja nenhum prejuízo.

Ex 2 – Ao estado do Remetente:

O produto que você comercializa é fabricado no Brasil e sua Loja Virtual está estabelecida em São Paulo, já o consumidor final contribuinte é do Paraná.

Alíquota interna: São Paulo, 18%

Alíquota (São Paulo para Paraná), interestadual: 12%

Alíquota interna, Paraná: 18%

Valor do produto: R$ 300,00

ICMS anterior à emenda = R$ 300,00*12% = R$ 36,00

ICMS posterior à emenda = (R$ 300,00*12%) = R$ 36,00, Para o Estado de origem

Total do ICMS após à emenda = R$ 36,00

Diferencial = ((18%-12%=6%) 300,00*6%))*100% = R$ 18,00 ao Estado de destino, Paraná.

Total a recolher pelo consumidor final contribuinte do ICMS (comprador) = R$ 18,00.

Nos casos em que o seu consumidor final for contribuinte do ICMS ele será o responsável pelo recolhimento da guia da diferença das alíquotas, o que é muito semelhante ao processo que já existe na compra de mercadoria para uso e consumo em outras unidades da federação onde o consumidor final contribuinte recolhe o diferencial de alíquotas.

Nem tudo está perdido, caro empreendedor. Vamos nos adaptar e conseguiremos passar por mais essa.

 

 

Compartilhe
 
Comente

Inter.net na Feira do Empreendedor


Postado por The Experts

Você que está pensando, ou está no processo de abrir seu próprio negócio, deve visitar uma das maiores feiras do empreendimento. A Feira do Empreendedor é um evento criado e organizado pelo SEBRAE há mais de 20 anos. Ela acontece em São Paulo desde 2010.

A quinta edição da Feira do Empreendedor do SEBRAE-SP ocorre de 20 a 23 de fevereiro de 2016, no Pavilhão de Exposições do Anhembi. Reunindo expositores e consultores, é uma oportunidade única de fazer novos negócios e se atualizar empresarialmente.

A melhor notícia para você que quer montar seu negócio próprio e precisa de site/e-commerce, é que a Inter.net estará no evento!

Tem dúvidas sobre como montar sua loja virtual? Como ter um site com as melhores funcionalidades? Como montar um negócio próprio de sucesso? A inter.net te ajudará a entender melhor esse universo, empreendedor, e de quebra ainda criam para você o site, o e-mail marketing, o blog, e o que mais você precisar para iniciar sua empreitada.

Além disso, a Inter.net conta com um time especializado em marketing e mídia que pode realizar um estudo detalhado sobre as mais diversas áreas que envolvem sua operação, e pode oferecer toda a consultoria necessária para que seu negócio possa dar o próximo passo com total segurança.

 

convite

 

A entrada é franca e você pode fazer seu cadastro clicando aqui.

Não perca essa oportunidade!

Compartilhe
 
Comente

5 coisas que você precisa parar de fazer para ser mais produtivo


Postado por The Experts

Você sabia que alguns hábitos o tornam menos produtivo? Se libertar deles é garantir um trabalho com maior excelência. Descura 5 desses maus hábitos aqui no The Experts.

produtivo-theexperts

 

  • Se multitarefar: Você sabia que nosso cérebro não consegue prestar atenção em duas tarefas ao mesmo tempo? O melhor que podemos fazer é alternar rapidamente entre uma tarefa e outra. Porém, isso possui o desagradável ônus de nos deixar menos produtivos. Para fazer essa troca, nosso cérebro gasta um certo tempo e, portanto, nós perdemos tempo e energia.

 

  • Não priorizar: o caminho certo para o fracasso é não priorizar suas atividades. Organiza-las e separa-las por ordem, da mais importante, para a não tão importante assim, é o primeiro passo para obter resultados.

 

  • Ficar conectado o tempo inteiro: por mais que permanecer conectado pareça que você está sendo produtivo, na maioria dos casos não é isso que acontece. Isso apenas causa o sentimento de estar ocupado e, estar ocupado, não significa necessariamente que se você está sendo produtivo. Fora que muitas vezes nos deixamos levar por assuntos inúteis que só nos fazem perder tempo. Precisamos ser honestos com nós mesmos e fazer uma autoavaliação sobre estar conectado, principalmente quando isso envolve as redes sociais.

 

  • Não mensurar os resultados: Isso é uma coisa inadmissível, visto que temos inúmeras ferramentas gratuitas que nos fornece informações valiosas. Procure sempre escrever quais foram os resultados alcançados naquele dia, e se organize para desenvolver um relatório mensal. Assim, você consegue ver qual estratégia gerou um resultado mais positivo.

 

  • Trabalhar sem intervalos: trabalhar sem um planejamento de tempo o torna menos produtivo, ainda mais se você achar que deve trabalhar muitas horas seguidas e sem intervalos. Isso é um erro, pois estamos nos esquecemos dos outros dois componentes necessários para nossa produtividade: energia e atenção.

 

Nossos hábitos correspondem a grande parte das nossas vidas. Invista seu tempo para se desprender de hábitos improdutivos e você terá ótimos resultados! 😉

Compartilhe
 
Comente

Seja um empreendedor! Confira dicas incríveis para mudar de vida.


Postado por The Experts

blog2201

 

Você quer montar seu negócio próprio, trabalhar no que você gosta e ainda ser bem sucedido, mas as dívidas não deixam esses planos se concretizarem. Estou certa? Saiba que esse cenário é mais comum do que você imagina, mas dá SIM para se livrar dele e conseguir alcançar sua independência financeira. Quer saber como? Aí vão 7 dias infalíveis para você montar seu negócio e mudar de vida.

 

1- Dê o primeiro passo
Ok, parece besteira falar, mas se você não der o primeiro passo, nunca vai sair do lugar. Se arrisque, a acomodação deve ser apagada do dia a dia de quem se encontra em dívidas, de quem quer conquistar além do salário que recebe conquistar além do tem e realizar seus sonhos. Primeiro pense em como pode dar o primeiro passo para com as suas dívidas. Pense em separar uma quantia do seu salário para investir, renegociar uma dívida no banco, cortar gastos, enfim, reflita naquilo irá fazer você sair do lugar.

2- Pratique seu autocontrole.
Essa parte pode parecer difícil (e as vezes é), mas se você treinar seu autocontrole em algumas decições, principalmente nas que se referem a compras e gastos, verá que sua situação vai melhorar. Antes de comprar alguma coisa, pergunte a si mesmo se você realmente precisa daquilo. Depois, pensa se você poderia obtê-lo de alguma outra forma (como pedir essa coisa emprestada para alguém, por exemplo). Comece a colocar a razão antes da emoção na hora de gastar.

3- Aproveite o tempo para desenvolver suas habilidades
Estude, estude e estude. E, depois, estude mais um pouco. Conhecimento nunca é demais, e ler, além de relaxar, proporciona uma melhora na memória e na concentração, melhora até mesmo a escrita e ainda faz você se divertir.
Sabe aquela frase “Tempo é dinheiro”? Pois é, ela é real. Não perca seu tempo com coisas que não são benéficas para a sua vida. Leia-se que não estou dizendo para você cortar seu lazer e sua diversão: eles SÃO benéficos. O que quero dizer é, evite passar o dia todo em um aplicativo inútil, por exemplo, em vez de se mexer para fazer sua vida mudar de rumo. Nada vai acontecer se você ficar sentado no sofá.

4- Hora de pensar no seu negócio
Avalie se a ideia representa um modelo de negócios: Existe um mercado potencial? É preciso entender antes de tudo a lógica que permeia o negócio. Nem sempre as melhores ideias irão se transformar em um negócio viável. Pesquise, modele, repense. Só assim você chegará ao formato adequado para começar a dar vida ao seu sonho.

Agora é com você. Diferencie-se, modele seu negócio, apareça no meu da multidão, cative os clientes, seja um empreendedor de sucesso e de adeus para aquelas dívidas do passado.

Preparado para mudar de vida? Para isso, você vai precisar de um site para sua empresa, e a Inter.net está pronta para te ajudar. Ligue para (11) 35233344 , ou mande email para comercial@br.inter.net.

 

 

Compartilhe
 
Comente